Historico

Centro Cultural Permanente de Serra Grande :Barracão D`Angola .

Criação e direção de Tisza Coelho & Cabello Rolim 

622437_10151947744780580_1434091136_o

Iniciamos nosso trabalho em 2003 na Fazenda cultural OuroVerde

IMG_2378

Somos a iniciativa Sócio-cultural-educacional de ação continua e mais antiga da Vila de Serra Grande. Desde 2003 oferecemos aulas, vivencias e eventos de Capoeira Angola, dança Afro, percussão e samba para a comunidade da vila de Serra Grande município de Uruçuca e região de Ilhéus , Itabuna e Itacaré . Por 3 anos trabalhamos voluntariamente na Escola Rural “Dende da Serra”  e no Centro de Cultura Casa do Boneco Itacaré. Há 10 anos trazemos a tradição de um carnaval sadio e rico de cultura popular para Serra Grande , Ilhéus e Itacaré através do bloco carnavalesco Trovão da Serra que em uma de suas vertentes proporciona há anos aulas gratuitas para adultos e crianças da região.

0 IMG_7468

Realizamos a 13 anos semestralmente um evento de Dança, Capoeira Angola e Percussão aberto gratuitamente para participantes da comunidade estando na 26ª edição. O Evento DanceBatuKeira tem atraído para região nos últimos anos mais de duas mil pessoas contribuindo diretamente com o comércio da região e da Vila de Serra Grande.

aula berimbau treino ouroverde

No dia 20 de Novembro de 2009 iniciamos aulas e atividades num espaço originalmente alugado  ao longo do ano, de Capoeira Angola e percussão aberta para a comunidade de Serra Grande, onde além do ensino da saúde física também formamos cidadãos orientando os mais novos e proporcionando aos adultos um centro social de encontro e desenvolvimento. Nosso espaço é aberto à iniciativas culturais e sociais da Vila estando à disposição toda vez que requisitado. Veja as fotos do segundo aniversario do Barracão

Fotos do segundo aniversario do Barracão 

A partir de 2011 iniciamos a construção do centro cultural permanente de Serra Grande o Barracão D’Angola fotos do inicio da construção 

Veja aqui as Fotos do progresso da construção 

Em Julho de 2012 inauguramos o salão de atividades do centro cultural permanente Barracão D’Angola em sua sede própria onde usamos as técnicas de permacultura e bioconstrução para a construção minimizando o impacto de construções não naturais e fazendo a estrutura do telhado de barro com bambus , as paredes de adobe de terra e areia , cacimba para captação de águas da chuva , e materiais reaproveitados

Contamos com uma grande campanha mundial de amigos e simpatizantes da nossa causa e conseguimos inaugurar o salão, ou seja, a primeira etapa do projeto da construção do Barracão, oferecendo aulas a semana inteira durante o ano todo
IMG_5245  IMG_6815   IMG_5265  IMG_6735   IMG_9501 (2)

Em 2015 Conseguimos vencer mais uma etapa construindo os banheiros vestiários e chuveiros para melhor comodidade a todos que utilizam o barracão inaugurando a segunda etapa do projeto com ajuda de toda comunidade da capoeira e também de serra grande e do mundo, Temos muito orgulho de ter recebido em março de 2013 o premio editado pela secretaria de cultura do Estado da Bahia e ser reconhecido como Pontinho de Cultura do município de Uruçuca /Serra Grande. alem de sermos contemplados com o premio do estado da Bahia de reconhecimento como pontinho de cultura e também do governo federal o premio da fundação Palmares

SAM_1113SAM_1114 SAM_1116

2016 conquistamos mais uma conclusão da segunda etapa construindo a entrada oficial com uma lanchonete um escritório e uma lojinha onde poderemos oferecer os produtos de produção local de serra assim como os produtos feitos no barracão como instrumentos musicais e roupas .

01c6f4c69f497bf11a055850ee9dc47eb23fcd2a59 01c8960d2cbbcb135fe2a0c967b25800b633a5dc9a_00003 01ff064f696e92317ecfe49219c9d1dc23a6ae941d_00003 012e9aaa53a08cdfc6d45981397879c61c5828994c 015c7f07c1cbd942609d6dd5dc9ef882aac3e59a44 018cfebd130d4788d20b939f3f3b09afe125f3f1d2 0100d02b26d36ce051964b0ddc2f7a1d9997e19228

Com a I Exposição Fotográfica “Trilha na Vila”, demos início também ao nosso trabalho direto com a comunidade fomentando a participação dos habitantes em nossas festividades trazendo a consciência da importância do encontro e preservação de nossas danças e música populares e da história da Vila e seus fundadores. Todas essas realizações não têm apoio institucional de nenhum tipo de organização. Desde o início de nosso trabalho contamos com nossa iniciativa pessoal e o apoio da comunidade no entorno. Chamamos de trabalho de formiguinha. Aquele que é: pequeno mas contínuo e comunitário e os resultados são sólidos e conscientes. Com isso contamos com seu apoio da forma que for possível. Bem-vindo ao centro cultural permanente de Serra Grande o Barracão D’Angola